Entenda quais são as principais características dos Millennials

Entenda quais são as principais características dos Millennials

Eles possuem um compromisso muito grande com a própria felicidade, são rápidos, têm um senso de urgência acima da média e desejam construir um mundo melhor, para si e para os outros. Estamos falando das características dos Millennials.

millennials-quais-as-principais-caracteristicas-dessa-geracao

 

Nascidas entre 1980 e 2000, as pessoas dessa geração recebem várias críticas de comportamento, principalmente das empresas mais conservadoras, assim é preciso entender as características dos Millennials.

A realidade é que o mercado de trabalho se transformou ao longo dos últimos anos com a chegada desses jovens profissionais. Hoje, os empregadores precisam enfrentar o desafio de se relacionar com essa nova geração, a fim de aproveitar o melhor que ela pode oferecer.

Quer saber mais sobre essa geração? Então continue a leitura e saiba quais são as principais características dos Millennials.

Principais características dos Millennials

Eles desejam ser empoderados

Os Millennials foram incentivados desde a infância a acreditar que merecem estar à frente das coisas. Apesar de pouco experientes, eles são assertivos como os veteranos, desejam feedbacks regulares e gostam quando recebem elogios e até mesmo críticas.

Eles querem de seus líderes relações de empatia e reciprocidade, mas também esperam reconhecimento. Isso pode ser confundido com insubordinação por vezes, mas, na verdade, é o que os motiva.

Os Millennials estão dispostos a trabalhar pela empresa para levá-la aos patamares mais altos de prosperidade, mas, para isso, precisam se identificar com os valores da companhia. Caso tenham oportunidades para cargos de liderança, eles apresentarão resultados além do esperado, pois encaram a posição como um desafio e, para vencê-lo, trabalharão pelas madrugadas para atingir seus objetivos.

Eles mudam de emprego com facilidade

Para os Millennials, que estão ingressando no mercado de trabalho agora, pode-se esperar que eles tenham vários empregos no decorrer de suas carreiras. Engana-se quem acredita que eles não tenham zelo pelo trabalho. Pelo contrário, essa característica apenas significa que eles não estão dispostos a assumirem uma devoção sem limites.

Mais imediatistas, eles não se impressionam pelos planos de carreira em longo prazo. Esses jovens querem saber o que eles farão no dia seguinte e qual será o próximo desafio. Se você deseja empregá-los, seu negócio precisa se adaptar a esse senso de urgência.

Interagem muito bem com tecnologia

Entre as características dos Millennials destaca-se a sede de conhecimento, principalmente quando falamos em tecnologia. São apaixonados por mudanças, querem experimentar coisas novas e utilizam muito bem o que aprendem.

É fato que possuem habilidades que gerações anteriores não têm, já que, em vez de terem medo, eles aceitam as novidades com entusiasmo.

Empresas que trabalham com tecnologia precisam apostar nesses jovens para conseguirem gerar diferenciais competitivos para seus negócios.

Eles estão sempre antenados

Para a Geração Millennials, saber algo é o mesmo que ter acesso à informação, precisando ter o conhecimento sempre ao seu alcance. Por isso, é comum eles pensarem: “por que devo memorizar algo quando eu posso consultar no Google a qualquer hora?”

Essa geração trabalha e aprende de maneira diferente das anteriores. Eles sabem, de forma instintiva, como encontrar uma informação, o que desafia o aprendizado tradicional.

Eles possuem conexão com os clientes

A Geração Millennials brasileira, segundo a consultoria Booz Allen, representa 44% da população economicamente ativa desde 2016, movimentando R$ 268 bilhões. Isso faz deles os mais importantes profissionais das organizações na atualidade.

Por isso, eles podem ser valiosos para conectar sua empresa ao mundo online, resolvendo questões importantes, respondendo às solicitações dos clientes e auxiliando na construção da voz do cliente moderno e conectado ao seu negócio.

Eles são profissionais empáticos e próximos ao cliente

Os Millennials não estão dispostos a sacrificar suas rotinas pessoais por objetivos profissionais, portanto, suas prioridades não se atém, necessariamente, à carreira.

Multitarefas, eles trabalham enquanto jogam ou checam suas redes sociais e, por isso, desejam flexibilidade de horário e oportunidades para conciliar vida pessoal com profissional.

Em comparação com outras faixas de idade, os Millennials são os mais propensos a aceitar uma perda salarial, abrir mão de uma promoção ou se recolocar no mercado de trabalho — tudo isso com o objetivo de manter a vida profissional e pessoal em harmonia.

Se você deseja atrair e manter esses jovens profissionais, você precisa deixá-los trabalhar em suas próprias condições, renunciando a modelos hierárquicos que, para eles, já não fazem mais sentido.

Os Millennials possuem opiniões sobre qualquer tipo de assunto e são extremamente criativos. Para as empresas sobreviverem e gerarem inovação, portanto, precisarão começar a apostar em iniciativas novas. É preciso deixá-los fazer a diferença!

Eles são importantes para o mercado de trabalho

Os Millennials estão mudando as relações de trabalho e consumo. Eles se diferem da geração Baby Boomers por serem pensadores livres, conectados, grandes consumidores e questionadores. Eles quebram regras, e isso significa que o chefe, com 30 anos de experiência, precisa mudar a forma de pensar para extrair o máximo que puder das qualidades dessa nova geração de trabalhadores.

Esses jovens podem ser mais difíceis de recrutar, reter, motivar e gerenciar do que quaisquer outras gerações. Entretanto, também podem ser os de mais alto desempenho. Eles serão excelentes profissionais para quem conseguir gerenciá-los.

São frequentemente definidos como ‘’voláteis’’ por organizações mais tradicionais, porque, como vimos, eles procuram mais do que apenas um ‘’emprego estável’’ para garantir a aposentadoria. Eles querem fazer a diferença na sociedade e buscam propósitos para suas vidas.

Trazem muitos pontos positivos, e cada vez mais organizações estão buscando formas inovadoras para motivá-los. Para ter êxito com esses profissionais, antes de tudo, é necessário conhecer os valores desses jovens. Muitas vezes eles serão mais motivados pelo aprendizado do que apenas pela questão financeira.

Outros fatores que fazem a diferença para engajá-los é um ambiente de trabalho mais informal, priorização de ideias, além da meritocracia e fomento da atualização profissional, por meio de cursos e capacitações.

Finalmente, tenha em mente que quebrar as barreiras entre gerações é mais fácil do que se imagina – o processo pode ser iniciado com uma simples conversa. Faça isso e surpreenda-se com o que você pode descobrir.

O que você achou deste artigo sobre as principais características dos Millennials? Deixe seu comentário e compartilhe sua opinião conosco!

Preencha o formulário para solicitar contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *