As 6 maiores inovações em RH dos últimos anos

As 6 maiores inovações em RH dos últimos anos

Muita gente ainda enxerga a área de Recursos Humanos como apenas burocrática. Felizmente, essa é uma ideia considerada ultrapassada: cada vez mais as empresas estão entendendo o potencial estratégico e buscando inovações em RH para alcançar melhores resultados.

Inovações em RH

Neste texto, vamos apresentar 6 inovações da área dos últimos anos, entre atualizações tecnológicas, mudanças no processo de recrutamento e seleção, novidades em treinamentos, apoio de consultorias e muitas outras. Confira:

1. Análise de dados e estratégias

Como falamos no início, o RH puramente burocrático ficou para trás. Para assumir uma nova postura e ter um departamento estratégico, é preciso ter dados para analisar.

Portanto, é importante mensurar resultados, índices de turnover e absenteísmo, áreas de maior custo e taxas de promoção entre os colaboradores, entre outros dados. As informações obtidas servem de base pra o desenvolvimento de estratégias e, consequentemente, uma atuação mais ativa do RH frente aos outros setores da empresa.

2. Consultorias especializadas

Uma consultoria pode contribuir de diversas formas com sua empresa. Uma situação muito comum é que muitas vezes os gestores estão tão envolvidos na rotina da empresa que não percebem a presença de fatores que podem comprometer a entrega de resultados. Assim, a consultoria oferece uma visão externa crítica a respeito da realidade da organização.

Contar com a ajuda de uma consultoria especializada pode fazer toda a diferença na consolidação de um RH estratégico. Podemos dizer que os serviços desenvolvidos em conjunto com o cliente são recursos eficazes e decisivos para melhorar o desempenho, estratégias, planos de ação e produtividades de uma empresa, sempre buscando inovar e agregar valor a organização.

Algumas outras vantagens da contratação dos serviços de consultoria são a experiência de trabalhos realizados em outras empresas, imparcialidade na análise diagnóstica, neutralidade e enfoque em ações estratégicas, visto que a consultoria identifica problemas, propõe soluções e promove as mudanças necessárias de maneira crítica e idônea.

3. RH aliado à tecnologia da informação

A união do RH com a área de TI pode resultar em soluções incríveis, desde softwares para recrutamento e seleção até a criação de sistemas integrados para a empresa. Essa inovação vem para agregar o avanço da tecnologia da informação à gestão de talentos.

Em um paradigma no qual o RH é visto como um parceiro e aliado da liderança na busca por desenvolvimento, seja em processos de recrutamento e seleção ou na idealização de softwares que automatizam tarefas operacionais, a tecnologia é parte fundamental e facilitadora, facilitando toda a rotina da empresa, reduzindo a burocracia e trazendo maior eficiência e qualidade ao trabalho.

4. Assessment

Este é um dos pontos que mais tem trazido inovações em RH. Muitos gestores, quando passam por situações de mudanças na gestão, replanejamento ou alterações na estrutura organizacional, têm dificuldades em tomar decisões de promoções, aberturas de vagas e outros aspectos empresariais.

No entanto, existe uma maneira eficaz de superar essa dificuldade: conhecer as habilidades de toda a equipe, descobrindo, por exemplo, quem é o colaborador da equipe mais apto a assumir um cargo de liderança.

As habilidades da equipe podem ser verificadas com uma avaliação técnica e comportamental de todos os membros chamada assessment. Essa ferramenta é oferecida por consultorias de Recursos Humanos e proporciona uma análise personalizada dos CHAs — ou seja, os conhecimentos, habilidades e atitudes de cada trabalhador.

Assim, é possível saber quem é o mais indicado para uma vaga, quem tem potencial para desenvolver e até mesmo quem não esta dentro do perfil da área (possibilitando, assim, uma readequação) ou da empresa.

Essa análise oferece um panorama geral dos talentos da empresa de forma se torne possível alinhar os desafios da empresa ao potencial dos colaboradores. Além disso, os resultados obtidos com a ferramenta podem alimentar um sistema de gestão por competências, direcionando as cobranças ao perfil de cada colaborador, consequentemente gerando mais eficiência e melhores resultados.

Com o assessment, é fácil saber quais investimentos precisam ser feitos para desenvolver um líder ou competências específicas que precisam ser trabalhadas no grupo. Um dos maiores benefícios é conseguir, em pouco tempo, ajustar a equipe às demandas da organização, o que acaba por melhorar a fidelização e diminuir o turnover.

De maneira resumida, o assessment é uma excelente ferramenta para embasar decisões importantes para a empresa e talvez a mais importante entre as inovações em RH.

5. Softwares de recrutamento

Encontrar talentos alinhados à cultura da empresa é um dos maiores desafios da gestão de RH. E, felizmente, existem softwares que facilitam esta tarefa, dispondo de uma excelente base de candidatos e com funções que automatizam tarefas burocráticas (como filtragem de currículos) e permitem que o enfoque do RH seja voltado para as etapas de análise estratégica.

6. Processos seletivos diferenciados

Para uma contratação mais assertiva, é importante considerar que cargos diferentes demandam necessidades igualmente diferentes em processos seletivos. Seja para trainees, analistas ou gestores, devem ser observadas as competências desejadas, a cultura da empresa, o mercado econômico, entre outros aspectos fundamentais.

Para atingir talentos da geração millennial, por exemplo, é importante fortalecer o employer branding, utilizar diferentes canais de comunicação e fazer uso das novidades como a gamificação em processos de seleção.

Essas são estratégias diferentes das utilizadas para contratar um presidente, pois outros cargos têm outras necessidades de processos. Sendo assim, tudo isso é mais eficiente e efetivo com o trabalho de consultorias especializadas que sabem como atingir públicos diversos.

Outra inovação em processos seletivos é o hunting. Essa é uma técnica ideal para identificar perfis de profissionais para cargos mais altos e estratégicos como diretores e presidentes. A negociação, o alinhamento de expectativas entre profissional e empresa é feita pelo headhunter, que tem amplo conhecimento da cultura organizacional e do mercado.

Como podemos ver nestas 6 inovações em RH, a tendência é que a área seja cada vez mais estratégica e integrada ao mercado, caracterizando-a como integrante essencial da organização e fonte de consulta para as lideranças. Aproveite este artigo para considerar quais inovações são mais adequadas à sua empresa e não fique parado no tempo: coloque tudo em prática!

Se você gostou destas inovações em RH, então siga nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas novidades. Estamos no Facebook e no LinkedIn!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *