Indicadores de desempenho: conheça os mais indicados para sua empresa

Indicadores de desempenho: conheça os mais indicados para sua empresa

Cerca de 60% das empresas que fecharam nos primeiros quatro anos de atividade apresentavam fortes indícios de que não acompanhavam seus indicadores de desempenho, afirma o SEBRAE. Logo, pode-se averiguar a importância do assunto.

A verdade é que os indicadores funcionam como um termômetro para a organização, sinalizando o que tem ou não dado certo. Na gestão de pessoas, ajuda a entender melhor questões como: nível de produtividade das equipes, engajamento, assiduidade e retorno sobre os investimentos feitos.

indicadores-de-desempenho-conheca-os-mais-indicados-para-aplicar-na-sua-empresa

 

Sabemos da importância do assunto e, por isso, criamos um guia para você entender os principais indicadores de desempenho para aplicar na sua empresa, relacionados especialmente à gestão do capital humano. Confira!

Nível de satisfação e lealdade

Identificar o grau de satisfação e lealdade dos colaboradores é um grande desafio. Existem algumas pesquisas que podem ser aplicadas, contudo, por vezes são cansativas e não oferecem o resultado esperado. O que fazer?

Nesse sentido, um dos indicadores de desempenho mais conhecidos e eficazes é o E-NPS (do inglês Employee Net Promoter Score). O objetivo é realizar uma única pergunta ao profissional — chamada de “a pergunta definitiva” — para entendê-lo. Confira:

  • Em uma escala de 0 a 10, o quanto recomendaria nossa empresa para se trabalhar a um amigo ou familiar?

É possível classificar as respostas em três categorias: promotores (9-10), funcionários realmente satisfeitos e que vestem a “camisa” da empresa; neutros (7-8); e detratores (0-6), aqueles que estão insatisfeitos com a organização.

Para identificar a pontuação final de E-NPS, basta subtrair o percentual total de detratores do percentual total de promotores (NPS = promotores – detratores). O ideal é que o NPS fique acima de 50 pontos, abaixo é zona de aperfeiçoamento.

Indicadores de desempenho para produtividade

Sabe-se que a produtividade dos profissionais e equipes é essencial para o sucesso de uma organização. Com a alta performance, é possível aproveitar melhor os recursos disponíveis, otimizar a lucratividade e o sucesso empresarial.

Contudo, por vezes, os profissionais de RH deixam de considerar o cálculo da produtividade das equipes, como se não fosse algo realmente importante. O cálculo é simples, consiste na relação entre a produção e os recursos usados.

  • Produtividade = resultado obtido / recursos utilizados

Imagine que a equipe de uma concessionária vendeu 145 carros em fevereiro, um mês com apenas 28 dias. Ao aplicar o cálculo, relacionando o resultado (145 carros) pelo recurso disponível (28 dias), é possível averiguar um índice de 5,17 de produtividade. O resultado deverá ser comparado aos outros meses.

Há, no entanto, uma série de ferramentas úteis para aumentar a produtividade e motivar os colaboradores. É possível estabelecer metas desafiadoras, se comunicar mais adequadamente, bem como recompensar pela performance apresentada.

Percentual de evasão de profissionais

Um indicador de desempenho que, certamente, deve ser acompanhado é o de evasão dos colaboradores, geralmente chamado de Turnover. Indica o percentual de profissionais que deixaram o quatro de funcionários em determinado período.

É preciso entender o impacto do Turnover na empresa. Até certo ponto, pode ser considerado natural. Contudo, quando elevado, mitiga a lucratividade do negócio, implica na perda de talentos e na depreciação da marca empregadora. Confira:

  • Turnover (em %) = número de funcionários que saíram / total de funcionários no mesmo período

Não há um percentual ideal de turnover, isso vai variar bastante de acordo com a política de retenção de cada empresa. Contudo, é importante que esse índice permaneça baixo, evitando assim uma série de perdas para a empresa.

Caso o turnover esteja elevado, uma importante medida é adotar entrevistas demissionais. Comece a questionar o motivo dos pedidos de demissão, depois, analise como o problema pode ser solucionado. Serão ótimos os resultados!

Retorno Sobre o Investimento

Este é um dos indicadores de desempenho mais conhecidos e usados na gestão, que pode ser aplicado por qualquer setor da empresa. Seu objetivo é avaliar o retorno — especialmente financeiro — obtido com os investimentos feitos.

Na área de gestão de pessoas, em específico, é possível averiguar como o investimento em treinamentos, aquisição de talentos ou a compra de novos sistemas, por exemplo, têm beneficiado a organização. Veja como usar:

  • Retorno (em %) = (retorno obtido – investimento inicial) / investimento inicial x 100

Imagine que o time de vendas participou de um workshop na cidade vizinha, com um custo de R$10.000,00 — incluindo todas as despesas. Com os contatos feitos, foi possível fechar novos negócios, o que rendeu R$83.000,00 em receita para a organização. Ao aplicar a fórmula, identifica-se um retorno de 730%.

De um modo geral, quanto maior o retorno obtido, melhor para a empresa e equipes envolvidas. Com esse indicador de desempenho, também é possível identificar o que tem dado certo na gestão de pessoas e merece prioridade.

Nível de absenteísmo dos colaboradores

Por fim, é necessário considerar o nível de absenteísmo das equipes de trabalho. Esse indicador mede o número de faltas e atrasos de um colaborador ou de toda a equipe de funcionários, avaliando se estão comprometidos e motivados.

Quando o número de faltas e atrasos é elevado, existem diversos problemas. A organização sobrecarrega alguns trabalhadores, o nível de produtividade tende a cair e o clima organizacional sofre pioras. Logo, é essencial entender como calcular esse indicador e promover melhorias. Confira:

  • Absenteísmo (em %) = horas não trabalhadas (pode ser individual ou do coletivo dos colaboradores) / horas efetivamente trabalhadas x 100

O ideal é que o percentual de absenteísmo seja o mais próximo possível de zero por cento. É possível desconsiderar os atrasos ou faltas justificadas (como doença, comparecimento ao médico, paternidade, etc.) do cálculo, assim, o resultado final será ainda mais autêntico.

Há diversas medidas para reduzir o absenteísmo, uma das mais interessantes é implementar programas de incentivo. Reconheça e recompense os profissionais que menos faltaram em cada mês, assim, todos se sentirão mais motivados.

Esses são alguns dos principais indicadores de desempenho mais recomendados para aplicar na sua empresa. Com eles, será possível ter uma visão sistêmica da gestão de pessoas, do nível de produtividade e resultados entregues em cada período. Logo, será possível fazer mudanças estratégicas e funcionais para o negócio.

Gostou do conteúdo sobre os indicadores de desempenho? Aproveite para conhecer uma das mais modernas ferramentas de análise de dados para recrutar, motivar e desenvolver talentos, a Assessfirst. Assim, alcançará resultados ainda maiores!

Preencha o formulário para solicitar contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *