Dicas incríveis para ser mais humano no trabalho

Dicas incríveis para ser mais humano no trabalho

Às vezes, é difícil lembrar como é ser humano no trabalho. Estamos programados para evitar mostrar raiva, tristeza ou frustração. Somos treinados para ignorar quando estamos cansados, com fome ou medo. Nós nos tornamos robóticos, e agora estamos preocupados com os robôs reais que assumirão nossos empregos.

como-ser-mais-humano-no-trabalho

Eu não sei você, mas as pessoas devem começar a se lembrar de como ser humano no trabalho. E não apenas para a humanidade, mas para própria sanidade. Ah, e porque isso faz parte das boas práticas laborais.

Aqui está o porquê

Para que as pessoas desejem trabalhar com você, seja como clientes ou mesmo colegas de trabalho, eles devem confiar em você. E para isso eles devem gostar primeiro de você. Não o tipo de amizade só de Facebook, mas realmente gostar de você.

E o que nós gostamos? Pessoas que atuam como seres humanos. Quem sorri, quem fala olhando nos olhos em vez de olhar para seus telefones, quem cometeu erros, pede desculpas e é perfeitamente imperfeito.

Alguém como você, quando dá seu melhor. Este não é um tipo de coisa da boca para fora, mas sim uma boa prática empresarial sólida. Você pode fazer isso. Comece a praticar como ser humano no trabalho. Aqui estão cinco maneiras de começar.

Comer e beber

Normalmente, quando o modo workaholic está ligado, é comum pular refeições ou esquecer de tomar água durante a jornada de trabalho, então na hora do jantar come mais do que deveria pois está com muita fome.

Faça uma pausa para lembrar do seu lado que não é uma máquina e lembre-se que os seres humanos precisam comer. Também precisam beber, e não só as bebidas com cafeína ou gasosas que se tornaram os melhores amigos de escritório.

Quer dobrar seu quociente da humanidade? Convide outro ser humano para comer ou beber com você. Mesmo o espontâneo “você quer almoçar comigo?” ou “posso encher sua garrafa de água?”, pode fazer uma grande diferença.

Seja orgulhoso de seus sucessos

Certamente você trabalha com vários colegas talentosos que têm muito para se orgulhar, mas muitas vezes ficam envergonhados de admitir isso. Ou pior, eles foram programados para não admitir isso.

“Apenas fiz o meu trabalho”, dizem eles. Ou “Oh, não era lá grandes coisas”, eles se escondem. Parte de ser um ser humano é compartilhar e ser feliz com quem está indo bem. Além disso, nossos neurônios trabalham melhor quando recebem mais incentivos e elogios.

Por que esperar pelos outros para permitir que você fique orgulhoso? Seja um humano real e conte sua história. Você pode se preocupar que isso fique parecendo com se gabar. Talvez seja, mas os seres humanos vão adorar sua história.

Ir ao banheiro

Acha que você não tem tempo? Lembre-se de que a pausa do banheiro também nos dá a desculpa interna para parar de falar, respirar e até mesmo relaxar por um segundo. Essa é uma estratégia inteligente para que você possa estar pronto para a próxima tarefa na sua agenda.

Então, sua pausa para banheiro não funciona apenas como uma parada biológica, mas um investimento em sua contínua energia e capacidade intelectual. (E deixe seu telefone na sua mesa. Já existe uma cota suficiente no fluxo de e-mails.)

Dê empatia

Quando alguém expressa sua frustração e até mesmo a ira com as decisões de seus líderes ou as ações do colega, aqui está a estratégia infalível: substitua sua frustração pela empatia. Em outras palavras, quando você está sentindo a frustração, pegue esse pensamento e deixe-o de lado.

Troque em sua mente por um pensamento humano contendo empatia e compreensão. Uma reação empática pode ser:

“Uau – talvez ele não esteja plenamente consciente do impacto que a decisão terá sobre o negócio”.

“Para dizer algo doloroso, ele deve sentir-se realmente assustado e sozinho. Sinto muito por ele.”

“Eu tenho sorte de não ter que reagir da mesma forma que ele”.

A empatia é uma maneira mágica de lembrar de repente que eles – e você – são ambos humanos, propensos a brilhar!

Esteja disponível como ser humano

Talvez uma das coisas mais humanas que possamos fazer é dar de nós mesmos, mesmo no trabalho. Sua inteligência, seu instinto e a coragem de seu coração. Quem pode precisar de você no seu local de trabalho agora? Talvez eles precisem do seu encorajamento. Seu conselho. Suas mãos em um projeto.

E aí, qual a estratégia você usa para ser mais humano e menos máquina no trabalho? Conte para nós nos comentários! Para receber mais conteúdos assim, é só assinar nosso newsletter!

Esse texto é uma adaptação daqui.

Preencha o formulário para solicitar contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *