5 dicas para contratação em cargos de liderança

5 dicas para contratação em cargos de liderança

A necessidade de um novo profissional para um cargo de alto executivo traz consigo uma grande responsabilidade para quem está à frente do processo de recrutamento e seleção. É sempre bom, para esses profissionais, conseguir obter dicas para contratação de funcionários que ocuparão cargos de liderança.

5 dicas para contratação em cargos de liderança

 

Não é uma tarefa fácil encontrar o profissional perfeito para assumir um cargo de diretoria ou gerência, pois é preciso levar em consideração os aspectos culturais da organização. Além disso, é importante conseguir realizar uma transição da liderança sem afetar a produtividade e a motivação dos demais colaboradores.

Não existe uma fórmula pronta que aponta o profissional mais adequado, já que cada tipo de negócio possui suas individualidades e necessidades.

Porém, observando alguns aspectos específicos, pode ser mais fácil encontrar aquele que vai participar do crescimento da empresa e ajudar na conquista de bons resultados. Acompanhe nossas dicas que facilitarão o processo de contratar um novo líder para sua equipe!

 

1. Certifique-se do encaixe do perfil do candidato com os valores da empresa

Nossa primeira dicas para contratação é talvez a mais importante. Imagine como seria a contratação de um vegetariano para gerenciar uma churrascaria. Certamente haveria um conflito entre os valores do profissional e os da empresa, não é mesmo?

Para que o candidato consiga abraçar a cultura da organização e se mantenha engajado e motivado, é essencial que seu perfil seja analisado de acordo com os valores da empresa contratante.

Antes do processo de seleção, os responsáveis pela contratação devem ter bem definido quais são os atributos pessoais necessários em um candidato para que ele se adeque à cultura organizacional.

Já durante o processo, esses atributos devem ser explicitamente transmitidos ao candidato, para que ele entenda as expectativas a seu respeito.

A análise do perfil do candidato servirá para identificar suas principais características pessoais e compreender como elas influenciarão o desempenho do profissional dentro da empresa.

A partir dessa necessidade é que surge o trabalho de assessment, muito importante para a contratação de funcionários para cargos de liderança. O assessment consiste em uma avaliação de competências, por meio de técnicas que permitem conhecer as pessoas com mais critério e eficiência, além de conduzir ao diagnóstico de seu potencial.

 

2. Reúna várias opiniões sobre o candidato

Diferentemente da contratação para cargos operacionais, o momento de contratação de um profissional para ocupar um cargo de alto executivo exige a atenção de mais de uma pessoa.

Envolver várias pessoas no processo é uma forma de garantir que as diferentes necessidades da empresa serão atendidas.

O ideal é que haja visões diferentes durante a análise das características e habilidades do candidato, para evitar uma contratação equivocada.

Um modelo interessante para esse tipo de seleção se dá por meio de um grupo avaliando um conjunto específico de competências, que se reúne posteriormente para discutir qual o melhor candidato.

Uma dicas para contratação extra é recorrer a um serviço de headhunting também é uma opção interessante, já que ter alguém para buscar candidatos no mercado e informações sobre eles facilita o processo.

 

3. Conheça os erros cometidos no passado

Não é novidade dizer que uma avaliação das experiências anteriores do candidato oferece uma boa noção acerca de suas competências profissionais.

No entanto, é válido ressaltar que avaliar apenas o currículo do candidato é uma forma incompleta de conhecer um potencial funcionário para um cargo de liderança.

É essencial buscar conhecer mais profundamente os desafios que o profissional já enfrentou e que resultados atingiu, além do que não conseguiu realizar em outras empresas por onde já passou.

Seus acertos e falhas anteriores poderão orientar não apenas sobre suas capacidades, mas sobre possuir ou não as qualidades desejadas para a vaga.

Um bom candidato deve possuir expertise, que abrange não apenas suas experiências, mas sua combinação com as competências, habilidades e vivências, aliadas à capacidade de conseguir aplicar o que aprendeu de maneira adequada.

 

4. Analise sua capacidade de liderança

Um bom funcionário para esse tipo de cargo compreende perfeitamente a diferença entre ser um líder e ser um chefe. Muito mais do que comandar pessoas e dar ordens, um líder inspira e motiva pessoas, não apenas mostrando o caminho a seguir, mas indo junto.

Durante o processo de contratação, é primordial analisar o estilo de liderança do candidato. Cada tipo de equipe requer um estilo de líder, para que haja sintonia na relação entre eles.

Certamente, durante um processo seletivo, todos os candidatos se apresentam como líderes justos e que trabalham em prol da equipe. Ninguém vai dizer que em outra experiência foi um líder egocêntrico, autoritário ou mesquinho.

Por isso, é preciso muita conversa e testes dos perfis profissionais para encontrar o líder mais adequado.

Atualmente existe uma modalidade no processo de recrutamento e seleção, chamada de executive search,  que é específica para a busca de profissionais para cargos de alta importância dentro das empresas.

Sabe-se que uma das principais características esperadas em alguém que vai preencher um cargo de liderança é a versatilidade. Além dessa, é fundamental analisar se o candidato possui integridade, capacidade de colaboração e aspiração pela excelência.

Por fim, o tratamento que o candidato dispensa às demais pessoas pode dizer muito sobre seu estilo de liderança e também deve ser avaliado.

 

5. Busque paixão pela empresa

É um fato inegável que cada pessoa tem motivações diferentes e que elas podem ser conflitantes com aquilo que se espera dentro da empresa.

Procure descobrir o que move o candidato que você está considerando contratar. O funcionário que ocupa um cargo de liderança geralmente coordena trabalhos importantes e precisa acreditar no que a empresa faz.

Na maioria das vezes, ele será uma figura central de autoridade e precisa ser firme e constante no que propõe.

Imagine um gestor que abre mão de tudo no meio de um projeto importante simplesmente porque surgiu uma oportunidade para fazer algo diferente. Ele definitivamente não estava engajado ou apaixonado pelo que fazia.

Não basta que o profissional tenha valores alinhados com os da organização. É crucial que as paixões da empresa e do líder estejam entrelaçadas. Esse é o tipo de colaborador com quem a empresa sempre poderá contar, independentemente de circunstâncias adversas.

 

Bônus!

Mesmo com as dicas para contratação acima, é importante ter sempre em mente que a contratação do novo profissional, mesmo que tenha caráter de urgência, é uma decisão de extrema importância para a organização e requer tempo e cuidado.

Uma contratação errada pode trazer uma série de problemas e prejuízos para a empresa, mas ao contratar o profissional ideal, crescimento e sucesso serão as principais consequências.

Lembre-se que a entrada de um novo líder para a equipe acarretará alterações nas estratégias e procedimentos, o que deve acontecer de maneira suave e gradual, pois uma transição abrupta pode ser desconfortável para todos os envolvidos.

Agora que você já conferiu algumas dicas para contratação de funcionário para cargos de liderança e entende mais sobre o assunto, entre em contato conosco. Nossa equipe, além de especialista neste tipo de contratação, terá prazer em ajudar no seu processo de recrutamento e seleção para cargos de diretoria e gerentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *