4 segredos que os entrevistadores não te contam
4 segredos que os entrevistadores não te contam

4 segredos que os entrevistadores não te contam

4-segredos-que-os-entrevistadores-não-estão-te-contando

As entrevistas, às vezes, parecem uma provação assustadora…

Não importa a quantidade de experiência que você tiver, nunca é fácil adivinhar o que um entrevistador realmente quer. A boa notícia é que você não precisa. Aqui estão 4 segredos que vão te ajudar a entender as necessidades de seu potencial empregador, cortesia do livro mais vendido de James Reed, “Why You: 101 Interview Questions You’ll Never Fear Again”:

1. Ser você mesmo é melhor do que ser extremamente profissional

Agir de uma maneira excessivamente profissional pode ser o que você acha que é necessário quando coloca o pé em uma sala de entrevista – mas não é necessariamente o que o entrevistador quer.

Embora uma certa quantidade de profissionalismo seja obviamente importante os recrutadores querem poder conversar com uma pessoa real e não com um robô – então, deixe-os ver o verdadeiro você, mas sem expor os seus segredos.

Não só vai te ajudar a se destacar dos outros candidatos, mas você também será capaz de demonstrar suas habilidades verdadeiramente, afinal, transformar a situação de “interrogatório formal” em “bate-papo amigável” sempre funcionará melhor para todos os envolvidos.

2. Seu CV não importa tanto quanto você imagina

Ok, ter alguma experiência em seu CV é, sem dúvida, uma parte importante do processo de recrutamento – mas não vai fazer o entrevistador desistir de você.

O recrutador já leu extensivamente sobre seu CV e é por isso que você chegou até essa fase. Em outras palavras, é hora de dizer adeus ‘modo CV’ e olá ‘modo de entrevista’.

Em vez de confiar nas palavras que você colocou no papel, use esta oportunidade para expressar sua personalidade, explique por que suas habilidades são relevantes e, o mais importante, pense no futuro e não no passado. Relacione suas experiências com o novo papel, e é aí que você realmente pode começar a se vender.

3. Há apenas um punhado de perguntas de entrevista

Quando se trata disso, segundo James Reed, há apenas 15 perguntas de entrevista que realmente contam. Não é segredo que existem centenas de maneiras diferentes de seu entrevistador pergunta-las, mas todas as questões de entrevista são uma variação dos 15 temas.

A boa notícia é que, uma vez que você possa identificar cada tema de forma eficaz, você poderá preparar respostas honestas e pessoais (link texto 14 hábitos) que impressionarão qualquer entrevistador. Essas questões variam entre “quais são seus pontos fracos” e “onde você se vê dentro de cinco anos” ou através de perguntas baseadas em competências, como “fale-me sobre uma época em que você trabalhou como parte de uma equipe”.

4. Para um empregador, uma vaga de trabalho é um problema que precisa ser resolvido

As vagas de emprego existem em dois universos diferentes: um onde um empregador tem um problema a ser resolvido e aquele onde um candidato precisa de emprego.

Escolha suas respostas com foco em como você poderá ajudar aquela empresa ao invés de como o trabalho vai melhorar sua vida e você estará no caminho certo para impressionar seu entrevistador.

Lembre-se: querer um emprego não significa que você seja a pessoa ideal para ele. Seja a solução para o problema que eles têm e você aumentará suas chances de sucesso em todas as entrevistas!

E quer saber mais um segredo? A vaga certa para você pode estar no Recrutamento Inteligente! Acesse já e faça seu cadastro.

2 Replies to “4 segredos que os entrevistadores não te contam”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *